sexta-feira, 22 de abril de 2016

MEU UNICÓRNIO AZUL, CANÇÃO DE SILVIO RODRIGUEZ




MEU UNICÓRNIO AZUL, CANÇÃO DE SILVIO RODRIGUEZ


Meu unicórnio azul ontem se perdeu
pastando o deixei, e desapareceu
por qualquer informação bem vou pagar
as flores que deixou não me quiseram falar.

Meu unicórnio azul ontem se perdeu
não sei me deixou, se de mim se desgarrou
e eu não tenho mais que um unicórnio azul
se alguém dele souber, rogo-lhe informação
cem mil ou um milhão eu pagarei
meu unicórnio azul ontem se perdeu
se foi.

Eu e o unicórnio azul fizemos amizade
um pouco com amor, um pouco com verdade
com seu corno de anil pescava uma canção
sabê-la partilhar era sua vocação.

Meu unicórnio azul ontem se perdeu
e pode parecer até uma obsessão
mas não tenho mais que um unicórnio azul
e mesmo que tivesse dois, só quero aquele.
Qualquer informação eu a pagarei
Meu unicórnio azul ontem se perdeu
se foi.

Tradução de Renata Cordeiro




6 comentários:

Daniel Costa disse...

Renata`
És muito admiradora do unicórnio azul, creio por estarmos perante poemas substancialmente bonitos.
Beijos

Walker Moovin disse...

Como sempre esta arrasar em seus verso, sejam eles pequenos ou numeroso... Tens o toque angelical de postar verdadeiras perolas.
és digna de esplendor ao deixar fruir das suas frágeis mãos palavras tão profundas e dócil.
bj nas linhas do seu coração.

Maria Rodrigues disse...

Excelente escolha
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Pedro Luso disse...

Olá Renata.
Belo poema, belo vídeo. Parabéns também pela tradução (conheço o original)
Bom final de semana.
Abraços,
Pedro.

Jorge disse...

Excelente combinação, poema/vídeo/imagem! A sintonia é perfeita!

Um beijo, Renata!

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia Renata.
Excelente poema, belo vídeo, um lindo final de semana. Abraços.