quinta-feira, 10 de março de 2016

CONFIANÇA, POEMA DE MIGUEL TORGA



CONFIANÇA

O que é bonito neste mundo, e anima,
É ver que na vindima
De cada sonho
Fica a cepa a sonhar outra aventura…
E que a doçura
Que se não prova
Se transfigura
Numa doçura
Muito mais pura
E muito mais nova…

3 comentários:

Daniel Costa disse...

Renata
Não é acaso eu ser fã da poesia do Torga. Na verdade ela, para tem a magia de a entender, a partir da sua origem, de certa força bucólica.
Bjs

Jorge disse...

Lindo, este poema...

Beijinhos, lindona!

Evanir disse...

Minha Amiga ..
Quantas saudades !!
Hoje já não posso fazer visitas como fazia anteriormente,
espero que um dia possa voltar a fazer aquilo que mais gostava.
O triste de tudo isso é ausência de mim mesma.
Deus abençoe seu Domingo paz no seu doce coração.
Evanir.