sábado, 22 de novembro de 2014

MANTRA





MANTRA



Composição: Nando Reis/Arnaldo Antunes







Quando não tiver mais nada



Nem chão nem escada



Escudo ou espada



O seu coração



Acordará!



Quando estiver com tudo



Lã, cetim veludo



Espada e escudo



Sua consciência



Adormecerá!



E acordará no mesmo lugar



Do ar até o arterial



No mesmo lar



No mesmo quintal




Da alma ao corpo material



Hare Krishna Hare



KrishnaKrishna



KrishnaHare



HareHare



RamaHare



RamaRama



RamaHare Hare



Quando não se tem mais nada



Não se perde nada



Escudo espada



Pode ser o que se for



Livre do temor



Hare Krishna Hare



KrishnaKrishna



KrishnaHare



HareHare



RamaHare



RamaRama



RamaHare Hare



Quando se acabou com tudo



Espada e escudo



Forma e conteúdo



Já então agora dá



Para dar amor



Amor dará e receberá



Do ar pulmão



Da lágrima sal



Amor dará e receberá



Da luz visão



Do tempo espiral



Amor dará e receberá



Do braço mão



Da boca vogal



Amor dará e receberá



Da morte



O seu dia natal



Aaadeeeus



Dooooor



Hare Krishna



Hare Krishna



Krishna Krishna



Hare Hare



Hare Rama Hare



Rama Rama Rama



Hare Hare



4 comentários:

MARILENE disse...

Gostei muito de sua escolha. Mantra que, lido atentamente, nos leva a refletir. Bjs.

Elvira Carvalho disse...

Li o poema duas vezes. Não acreditei que o poema pudesse ser cantado assim desta maneira. Pensei que era um poema para ler e refletir. Adorei.
Um abraço e uma boa semana

Ghost e Bindi disse...

Desfazer-se do ego, dar-se conta que vivemos numa ilusão, que somos almas divinas descidas as denso para elevar conhecimentos, finalmente acordando para o amor do UM. Um texto profundo e admirável.

Ghost e Bindi

vendedor de ilusão disse...

Brilhante tua postagem; deu-me prazer ler!