domingo, 5 de outubro de 2014

O AMOR E O PODER






O AMOR E O PODER



A música na sombra
O ritmo no ar
Um animal que ronda
No véu do luar

Eu saio dos seus olhos
Eu rolo pelo chão
Feito um amor que queima
Magia negra, sedução

Como uma deusa
Você me mantém
E as coisas que você me diz
Me levam além

Aqui nesse lugar
Não há rainha ou rei
Há uma mulher e um homem
Trocando sonhos fora da lei

Como uma deusa
Você me mantém
E as coisas que você me diz
Me levam além

Tão perto das lendas
Tão longe do fim
A fim de dividir
No fundo do prazer
O amor e poder

A música na sombra
O ritmo no ar
Um animal que ronda
No véu do luar

Tão perto das lendas
Tão longe do fim
Afim de dividir
No fundo do prazer
O amor e poder

Como uma deusa
Você me mantém
E as coisas que você me diz
Me levam além

Tão perto das lendas
Tão longe do fim
Afim de dividir
No fundo do prazer
O amor e poder

Como uma deusa
Você me mantém
E as coisas que você me diz
Me levam além.

autor desconhecido.


6 comentários:

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Linda a música que fez muito sucesso na novela Mandala....
Lindo o texto!
Me perdoe o comentário sobre os "r" de teu nome....

Daniel Costa disse...

Querida Renata

O autor desconhecido, parece ter ter tocado, poeticamente, a música da realidade fatual.
Beijos

Elvira Carvalho disse...

Gostei
O poder e o amor andam muitas vezes de mãos dadas, embora nem sempre com o mesmo sentido.
Um abraço e uma boa semana

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Renata,passando para agradecer seu comentário no meu poema,lá no evento do Viviani.
Lindo seu blog.
Obrigada.
Bjs-Carmen Lúcia.

Evanir disse...

Minha Querida Renata.
Não tenho palavras para agradecer o carinho da sua amizade.
Agradeço a Deus por ter me dado oportunidade de conhecer pessoas tão especial na minha vida.
E muito tem colaborado para que eu tenha dias mais felizes.
Um feliz e abençoado final de semana beijos.
Evanir.