terça-feira, 22 de julho de 2014

FLOR NO GELO, SONETO DE AQUILES PORTO ALEGRE


FLOR NO GELO, SONETO DE AQUILES PORTO ALEGRE


O velho duque inglês um dia vira
próximo do castelo uma pastora
de olhos vivos, azuis, como a safira,
de saia curta e perna tentadora.

Nem se recorda de que é velho agora;
seu coração anseia, e só suspira
pela perna gentil e sedutora
que junto do castelo descobrira.

A paixão foi crescendo vivamente,
até que o velho inglês, como um demente,
a mão d´esposa dá-lhe o seu tesouro.

Uma noite ele, trêmulo, desperta...
Não vê ninguém, a alcova está deserta...
– Dorme a duquesa com um pagem louro.

5 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

22/07/14,FLOR NO GELO, SONETO DE AQUILES PORTO ALEGRE.
Renata Cordeiro

Lilly Silva disse...

Que lindo soneto Renata! E esse vídeo também, amo essa música...
Um post realmente inspirador ♥
Bjus mil

http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

Daniel Costa disse...

Renata

O soneto é bonito e o poeta Aquiles Porto Alegre, desenhou uma forma do casal, transgredir som pecado.
Gosta-se sempre da voz de Roberto Carlos.
Beijos de amizade

MarcioBuriti Textos disse...

Lindo Soneto, Renata Maria. Ótima a cadência dos versos. Obrigado pela postagem.

wcastanheira disse...

Um mimo, adorei a suavidade de cada momentoe dxo pra guria beijinhose beijinhossssssssssssss