sábado, 15 de fevereiro de 2014

"DORME BEM", POEMA DE ALEXANDRINO SOUSA




"DORME BEM", POEMA DE ALEXANDRINO SOUSA

sem vacilar, em breve escrita,
saem das mãos o adeus, 
o silêncio em forma de palavras...
"dorme bem"...

como se do desejo em forma de ritual,
os sonhos e os pesadelos evaporassem
e deixassem o corpo levitar,
tal e qual uma pena de ave no ar...

a custo, relê a mensagem... "dorme bem"...
aperta-se o coração, os lábios
pelo mundo que ficou lá fora...
acorda manhã... chegou minha hora...
 

4 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo e sensível poema do nosso amigo Alex Sousa. 15/02/2014.
Renata Cordeiro

Alexandrino Sousa disse...

Querida Renata,
tanta a coragem de sua parte, em postar algo de alguém desconhecido... Mais a admiro ainda pelo seu acto.

beijinho
Alex

Nilson Barcelli disse...

Uma excelente escolha poética.
Gostei do poema, mas nunca tinha lido nada do autor.
Renata, tem um bom domingo e uma boa semana.
Beijo.

São disse...

Um boa escolha de poema.

É bom quando revemos sítios que os nossos olhos apreciaram ao vivo...

Ma belle, resto de bom domingo.