quinta-feira, 14 de outubro de 2010

“LIEBESTOD”, TRISTÃO E ISOLDA, RICHARD WAGNER



“LIEBESTOD”,
  TRISTÃO E ISOLDA, RICHARD WAGNER


Isolda, não percebendo nada do que se passa à sua volta, fixa os olhos, com emoção crescente, no corpo de Tristão


ISOLDA


Tão terno e tão meigo,
esse sorriso! E esses olhos
que se abrem, tão doces!
Amigos, estão vendo?
Ou não podem ver
como ele irradia
sempre mais luz,
para tomar impulso,
rútilo de estrelas?
Não vêem?
E esse coração, o seu coração,
que se ergue e luta,
bate ritmicamente e lhe transborda
dentro do corpo?
E esses lábios que se abrem,
com ternura, com graça,
com um sopro de paz?
Vejam, amigos!
Não o sentem? Não o vêem?
Sou a única a ouvir
essa canção pródiga, silente,
de tantas maravilhas
esse queixume de alegria
que sabe dizer tudo tão bem,
doce paz reconquistada
nos ecos jazem fora dele,
me invadem,
saem daqui de baixo,
qual suave música
que vibra à minha volta?
Esses sons cada vez mais nítidos,
na onda que me amortalha,
são bolhas que carregam
as carícias do ar?
Ou são as vagas
de enfeitiçados eflúvios?
Inflam-se e inflam-se,
à minha volta, murmuram!
Preciso respirar?
Preciso escutar?
Preciso saborear,
afogar-me, diluir-me?
Em brisas embalsamadas
suavemente destruir-me?
Na plenitude da onda,
no ruído dos ecos,
no sopro absoluto
onde se exala o mundo,
abismar-me...
fundir-me...
nada mais ser...
alegria suprema... alegria!


Isolda, transfigurada, deita-se devagar sobre o corpo de Tristão e morre num êxtase orgasmático. Marcos abençoa os cadáveres. Cai o pano lentamente.

Image and video hosting by TinyPic
@ Tradução da Renata Cordeiro

11 comentários:

O gerente disse...

Pensei eu em fazer o tipo culto e comportado e recitar palavras que endocem esse lindo poema dramatico. Mas que nada, eu fiquei é com Tesão mesmo. Pena mesmo so deu do ratinho esmagado. Beijos,Re!

Daniel Costa disse...

Renata

Realmente o mito de Tristão e Isolda, torrnou-se um clássico universal de que tu és das maiores aprecadoras que conheço.
Ternos beijos

Sonhadora disse...

Minha querida Renata
Como sempre maravilhoso.

deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Gerente, bom tê-lo aqui com os seus comentários autênticos.
Daniel, sabe que sempre trabalhei com o tema, também sabe que é este o meu trabalho editorial, a tradução crítica do libreto.
Sonhadora, sempre delicada com o seu beijinho e carinho.
Muito obrigada a todos.
Beijos
Renata Maria Parreira Cordeiro

José disse...

Renata querida amiga!

É por tudo isto que vale a pena andar por aqui na Internet, conhecer pessoas como tu, ainda que virtuais,
da para ver que têm corações bonitos e bem reais, e depois ver estas maravilhas que nos ofereces, sim porque aqui tudo é oferecido

Beijinho doce para ti,
José.

Daniel Costa disse...

Querida Rê

Hoje repuz ATALAIA em PPOEMAS UM HOMEM SÓ. O blog destina-se a tentar edição em livro. Normalmente reponho poemas diariamente, Procurando dar outra oordem.
Beijos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Que bom, querido! Sabes como gosto deste poema em que me fazes sereia. Está aqui e aqui ficará.
Beijos, vou ver-te.

Roder Rock disse...

Renata,

Sempre é um grande prazer sua visita e ver / ler as maravilhas das letras e poemas que posta em seua blogs.

Atendendo ao seu pedido, uma música que gosto muito é "Una Noche Mas" da Yasmim Levy. A letra em Ladino e vídeo clip você encontra neste link abaixo.

http://letras.terra.com.br/yasmin-levy/1589926/

- Se gostar de alguma d'aquelas que tenho em meu Blog, fique a vontade para copiar a letra, tradução e tudo o mais. Se desejas outra canção ou qualquer coisa diferente é só pedir.

Abraços e que D'us te proteja.
Roder

Roder Rock disse...

Renata,

Outra da com o tema "Amor" - Inténtalo Encontrar - da Yasmim Levy.

Penso que essa é mais profunda.

Ao Vivo
http://www.youtube.com/watch?v=zBz7cFnRFuI

A letra, com outro vídeo:
http://letras.terra.com.br/yasmin-levy/1589916/

Paz.

Blue disse...

Lindo, embora dramático.
Bela foto. Parabéns.

Beijos

Mauro Bortoluzzi disse...

tradução muito poética mas um pouco livre