terça-feira, 3 de agosto de 2010

POEMA PARA O DIA DO PAI



POEMA PARA O DIA DO PAI


Agrada-me dizer que foste tu o meu grande amor

Tu que me preenches da alegria

Incomensurável de ser plena mulher.

Homem de amor, fraqueza, vigor,

A quem presto sempre louvor,

_ Como poderia esquecer-me do filho que fizemos num lindo dia,

Posto que é simplesmente a razão deste Viver?

Quem me mantém aqui neste vale profundo,

Quem me ergue nas tantas quedas

Quem me impulsiona a lutar pelo nosso Mundo _

Hoje, diante do Eterno, nós percebemos um esboço,

E, boquiabertos, sob a luz das estrelas,

Ouvimos a sorridente boca do teu belo rosto:

- Olá, meu príncipe, minha princesa!


® Renata Cordeiro