sexta-feira, 25 de junho de 2010

ANJOS DO CÉU************************************


ANJOS DO CÉU************************
Álvares de Azevedo



As ondas são anjos que dormem no mar,

Que tremem, palpitam, banhados de luz…

São anjos que dormem, a rir e sonhar

E em leito d’escuma revolvem-se nus!

E quando de noite vem pálida a lua

Seus raios incertos tremer, pratear,

E a trança luzente da nuvem flutua,

As ondas são anjos que dormem no mar!

Que dormem, que sonham - e o vento dos céus

Vem tépido à noite nos seios beijar!

São meigos anjinhos, são filhos de Deus,

Que ao fresco se embalam do seio do mar!

E quando nas águas os ventos suspiram,

São puros fervores de ventos e mar:

São beijos que queimam… e as noites deliram,

E os pobres anjinhos estão a chorar!

Ai! quando tu sentes dos mares na flor

Os ventos e vagas gemer, palpitar,

Por que não consentes, num beijo de amor

Que eu diga-te os sonhos dos anjos do mar?

Mensagens de Amor



4 comentários:

Hod disse...

Amiga grato por sua presença e gentil coment.
Legal vc eleger Alvares de Azevedo e poema esbelto.

Beijo pra vc.

José disse...

Aquela linda poesia
pois eu tudo faria
tudo isso e muito mais
mas apenas posso dizer
e neste cantinho escrever
em palavras virtuais

beijinho doce para ti,
José.

Isa disse...

Gostei do poema.Mas o vídeo...
Beijo.
isa.

Daniel Costa disse...

Renata

Adoorei o poema, é muito interessante, como sabes seleccionar.
Beijos
Daniel