quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

AMOR + CLOSER





AMOR



Álvares de Azevedo



Amemos! Quero de amor

Viver no teu coração!

Sofrer e amar essa dor

Que desmaia de paixão!



Na tu'alma, em teus encantos

E na tua palidez

E nos teus ardentes prantos

Suspirar de languidez!



Quero em teus lábios beber

Os teus amores do céu,

Quero em teu seio morrer

No enlevo do seio teu!



Quero viver d'esperança,

Quero tremer e sentir!

Na tua cheirosa trança

Quero sonhar e dormir!



Vem, anjo, minha donzela,

Minha'alma, meu coração!

Que noite, que noite bela!

Como é doce a viração!



E entre os suspiros do vento

Da noite ao mole frescor,

Quero viver um momento,

Morrer contigo de amor!





Belas Mulheres





16 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

São Paulo 11/02/2010 Amor + Closer.
Marta + Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Assistam ao vídeo, enriquece muito +++++ a leitura. E dá trabalho.

Estou um pouco melhor. Caminhei, tomei um belo banho. Se der e puder, responderei aos milhares**** de comentários, ok?
Boa Quinta com Amor e Paz, por favor, para todos nós.
Beijos

Xanele disse...

LindoOo

uma ótima tarde p vc minha linda
bjsss amore

Sonhadora disse...

Minha querida Renata
Amei este poema, como sempre escolhes muito bem os autores.
Lindo

Beijinhos

Lídia Borges disse...

Bonito poema!

O amor sempre um tema de eleição.

L.B.

JORDAS disse...

Adorei esse olhar ternurento
Por caber todo o amor lá dentro;
A bondade recostada no canto.
E a sensibilidade do espanto diz:
- "Quero viver um momento,
Morrer contigo de amor!"

Wanderley Elian Lima disse...

Olá minha amiga.
Morrer de amor, acho que é o que todos sonham.
Beijos

Marcos Andrade disse...

Belo, como tudo o que vc faz...

Beijo!

Daniel Costa disse...

Renata

O que postas é sempre belíssima poesia, grande parte inaltecendo o amor, como este poema de Álvares de Azevedo. E... como o mundo necessita de poesia e amor!
Com tu a sabes enriquecer no teu blog maravilha!
Beijos
Daniel

José disse...

Olá Renata,

Voando nas asas do vento
vim de longe cheguei aqui
queria ficar para sempre
aqui bem juntinho a ti

Tens qualidades infindas
Dinamismo muita alegria
Obrigada porque me brindas
Sempre com tão bela poesia

um beijinho,
e um abracinho,
José.

Marta disse...

Não conhecia bem este poema...
Mas sim, foi uma boa escolha...
Beijos e abraços
Marta

Majoli disse...

Ando com vontade de morrer de amor...mas daquele jeitinho que só quem ama sabe.

Amei a poesia.

Beijos querida.

Sandra Botelho disse...

Seu bom gosto me encanta.
Bjos querida.
Lindo poema e lindo video

Vivian disse...

...morrer de amor...não.

viver de amor...isso sim!!!

beijos, moça feiosa...

Poeta Revisitado disse...

fazer dois corações bater como um só? o amor deve ser mágico...
um beijo

José disse...

Olá querida Renata,

Ontem dia dos S.Valentim
logo desde a madrugada
tirei o dia só para mim
e para a minha namorada

Almoçamos um bom manjar
à noite jantamos fora
depois fomos dançar
e só estou voltado agora

e mais não digo

Um beijinho,
José