terça-feira, 12 de janeiro de 2010

POEIRA NO VENTO




POEIRA NO VENTO




Eu fecho os olhos,

Só por um momento e o momento se esvai.

Todos os meus sonhos

Passam-me diante dos olhos, simples curiosidade.

Poeira no vento
Tudo o que são é poeira no vento.

A mesma velha canção
Só uma gota d’água no oceano infinito.
Tudo o que fazemos
Desintegra-se na terra, embora nos recusemos a vê-lo.
Poeira no vento
Tudo o que somos é poeira no vento.

Não fique parado!

Nada dura para sempre, só o céu e a terra.
Tudo se esvai!
Nosso dinheiro não vai comprar outro minuto.
Poeira no vento
Tudo o que somos é poeira no vento

Poeira no vento

Tudo é poeira no vento.

Tudo é poeira no vento.






12 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

São Paulo, 12/01/2010, Poeira no Vento.
Marta + Renata.
Amemos, vivamos.
Beijos

Lídia Borges disse...

Bonita a música!

L.B.

Marta disse...

Sejamos felizes...
Ao amanhecer, ao anoitecer, a qualquer hora...
Porque estamos vivas...
Beijos e abraços
Marta

Luciana disse...

Oi Rê

Que lindo muito obrigada pelo carinho.

Grande beijo

Lu

Lis. disse...

Levanta
Sacode poeira
Dá volta por cima...

Essa é a estrole de uma canção que não me lembro o nome... Dê-me um minuto que irei ver... Espera.

Achei...


Volta Por Cima.
Beth Carvalho.

Levanta sacode a poeira bis
da volta por cima
Chorei
Não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim não precisava
Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava
Um homem de moral
Não fica no chão
Nem quer que mulher
Lhe venha dar a mão
Reconhece a queda
E não desanima
Levanta, sacode a poeira
E dá a volta por cima.

ps. Serviu-lhe a junção mental? rs

prosasdeoutono disse...

Querida Rê,

Tudo é poeira no vento...para quê ficar a pensar no minuto passado como diz?? Bonita forma de dizer que temos de viver o hoje e o agora..

Beijinhos
Alex

Sonhadora disse...

Minha querida renata
Lindo poema e bela musica...adorei.
Receba meu beijinho de boa noite.

Sonhadora

Daniel Costa disse...

Renata

Mais uma balada, não me parece de cariz optimisma, mas é uma proposta, como tal a merecer reflexão.
Procura diverte-te e cuida-te.
Beijos
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
poeira no vento,
em palavras douradas . . .
,
conchinhas,
,
*

JADY*ALVES disse...

Se tudo é poeira no vento, não a deixemos que encubra nossa razão de viver. Pois como a poeira tudo passa... Andei lendo a magia dos unicórnios que eu amo.
"Guardão dos Livros", Da Vinci imortal!
Beijos Rê.
Meu carinho por tí,
Jady

Zigg Stardust disse...

Eu espero de verdade que "O nosso dinheiro não compre mais um minuto", espero que mais pessoas pudessem entender isso.

Bacana o blog!

Bjoo.

Hod disse...

Ao esculpir em rêlevo essas essências expõe a importância de Kairós. Pois diviniza teu contentamento e registra n'alma o sabor cálido da candura.

Exuberante Rê,

forte abraço com muitas bençãos.

Hod.