segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

O AMOR VEIO ATÉ MIM




O AMOR VEIO ATÉ MIM

Rita Coolidge

Um belo dia
O amor veio até mim
Quando o amor era raro
Como o amor pode ser
Vi estrelas
Brilhando no azul e claro céu
Flutuamos juntos
Pela primeira vez e para sempre
O amor veio até mim
Uma linda noite
O amor nos deixou ver
Quão longe estaremos
Quão bem estaremos
Vimos um mundo
Que ninguém jamais vira antes
Era o mundo
Onde o amor pode começar
Com o ritmo do coração
O amor veio até mim
Vi estrelas
Brilhando no azul e claro céu
Flutuamos juntos
Pela primeira vez e para sempre
O amor veio até mim
Uma linda noite
O amor nos deixou ver
Quão longe estaremos
Quão bem estaremos
Vimos um mundo
Que ninguém jamais vira antes
Era o mundo
Onde o amor pode começar
Com o ritmo do coração
O amor veio até mim
O amor veio até mim
O amor veio até mim
O amor veio até mim



9 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

São Paulo, 04/01/2010, O Amor veio até mim.
Continuação de Bom 2010, beijos a todos e, especialmente, à Marta.
Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Esta é a canção-tema do filme Splash-uma Sereia em minha vida. Filme da década de 80, que lançou Daryl Hannah no circuito cinematográfico, cujo êxito maior viria na seqüência com a grande interpretação da personagem Pris, do intemporal Blade Runner, muitas vezes esquecida, e que merece todo o destaque.
Esta canção fala da sempre possibilidade do Amor.
Renata

Marta disse...

Claro que o Amor está sempre possível e presente...
Para iluminar os dias...
Não me lembro da Daryl Hannah no Blade Runner, mas no Splash sim...
Bom dia e bom 2010...
Beijos e abraços
Marta

Lídia Borges disse...

Bonita a letra da canção!

Obrigada pela partilha.

Um beijo

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Renata, e quando o amor vem até a gente, não podemos deixa-lo escapar.
Beijos

Jacarée disse...

K. Renata!

Linda letra

O Amor é Assim, cheio de parêntes, estrelas, brilho muito glamour uma estrada continua...um jardim em florescimento.
É como o horizonte que se pinta com cores cloridas ou não consoente o estado de espirito.
Entre a Luz e o AMOR se vão alternando corações que eclodem á superfíce dos corpos.
O ritmo do coração, o afago das mãos, os olhares e sussuros que o vento retem.
São AMORES, AMOR, são jardins a germinar...a desabrochar.

Aproveito a ocasião para lhe desejar votos de um ANO de 2010 plano SAÚDE, sucessos pessoais e profissionais.

Bjs

Jacarée

Jacarée disse...

Querida Renata!

Vim partilhar este poema com você

Vem Meu Amor
Quando eu te vejo paro logo em seu olhar
O meu desejo é que eu possa te beijar
Sentir seu corpo me abrigar em seu calor
Hoje o que eu quero é ganhar o seu amor
Eu fico assim querendo o seu prazer
Eu não consigo um minuto sem te ver
Sua presença alegra meu coração
E é pra você que eu canto essa canção

(Refrão)
Vem meu amor me tirar da solidão
Vem meu amor me tirar da solidão
Vem para o Olodum
Vem dançar no Pelô
Vem meu amor
Chega pra cá me dá a mão
Vem meu amor me tirar da solidão
Vem meu amor me tirar da solidão
Vem para o Olodum
Vem dançar no Pelô
Vem meu amor
Chega pra cá me dá a mão

Eu fico assim querendo seu prazer
Eu não consigo um minuto sem te ver
Sua presença alegra meu coração
E é pra você que eu canto essa canção

(Refrão)
Vem meu amor me tirar da solidão
Vem meu amor me tirar da solidão
Vem para o Olodum
Vem dançar no Pelô
Vem meu amor
Chega pra cá me dá a mão
Vem meu amor me tirar da solidão
Vem meu amor me tirar da solidão
Vem para o Olodum
Vem dançar no Pelô
Vem meu amor
Chega pra cá me dá a mão


Ivete Sangalo


Beijinhos

Jacarée

prosasdeoutono disse...

Querida Renata,

e quem duvida das possibilidades do Amor, da magia que provoca nas mentes e nos nossos corações??
O Amor anda no ar, sente-se, respira-se em cada momento...

Beijinhos
Alex

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Oie Rê ^.~

Nossa essa musica e muito linda !
Adorei ^.~

Uma semana maravilhosa pra vc.

Doces Beijos

Doce Essencia