quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

TUDO QUE HÁ DE BOM LUIZA POSSI



TUDO QUE HÁ DE BOM


Luiza Possi


Meu amor

Não tem freios

Nem receios de errar

Só entende os segredos

Que pude revelar...

Eu senti no teu beijo

Meu prazer acordar

Tinha fogo e desejo

Não, não quis mais parar...

O amor pegou de jeito

Bateu fundo no peito

Foi paixão

Não teve culpa nem medo

De viver só de ilusão

O amor pegou de jeito

Bateu fundo no peito

Foi paixão

Eu só quis prá mim

Tudo que há de bom

Tudo que há de bom...

Nosso amor deu sentido

Ao que eu sempre sonhei

Transformou meu destino

Me deu mais do que eu dei...

Nunca mais vou ser triste

Sei que me superei

Fui além dos limites

Dentro e fora da lei...

O amor pegou de jeito

Bateu fundo no peito

Foi paixão

Não teve culpa nem medo

De viver só de ilusão

O amor pegou de jeito

Bateu fundo no peito

Foi paixão

Eu só quis prá mim

Tudo que há de bom

Tudo que há de bom...

O amor quando acontece

Te encanta e dá prazer

Te enlouquece

Tua vida vira um filme

Que só você pode ver..,

Atenção:

-"O amor não é um vício

Nem vive só de sexo

O amor quer te

Surpreender"...

O amor pegou de jeito

Bateu fundo no peito

Foi paixão

Não teve culpa nem medo

De viver só de ilusão

O amor pegou de jeito

Bateu fundo no peito

Foi paixão

Eu só quis pra mim

Tudo que há de bom

Tudo que há de bom...





11 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

São Paulo, 23/12/2009, Luiza Possi.
Renata Cordeiro

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

A ti, Marta,
Beijos,
Renata

Nilson Barcelli disse...

Um belo poema de amor.
Gostei de ler. Obrigado pela partilha.
Beijos

Nilson Barcelli disse...

A ti, Renata.
A ti, Marta.
Desejo-vos um Feliz Natal, com muito amor e carinho familiar.
Beijos, redobrados...

Marta disse...

Tudo o que há de bom....é não ter medo de errar e de recomeçar do zero e saber que temos bons amigos que estão sempre prsentes....
O poema é uma beleza...
Obrigada....
Beijos e abraços
Marta

prosasdeoutono disse...

Olá Rê, Marta,

O amor quando nos pega de jeito, é isso mesmo, não tem mais freio, e é só seguir em frente, nos guiar pela paixão.

Gostei de ouvir

Beijinhos doces e UM FELIZ NATAL
Alex

Daniel Costa disse...

Renata

Bonita composição, esta de Luiza Possi, muito ritmica. Um sonho de Natal!...
Realmente, não há que ter medo de errar. Quem não era nem faz, nem aprende.
Beijos,
Daniel

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Renata,

Seja Bem Vinda !

Muito me alegrou tua visita e saber que es ja moradora de meu Jardim !
Que seja mais que um blog meu Jardim,que seja tua casa,teu aconchego e que possas sempre sentir paz em todos os momentos.
Visitei todos os teus blogs e posso dizer,sao de lindissimo bom gosto,e este mais cativou-me...parabens ^.~

Desde ja desejo-te uma maravilhoso Natal e um Ano de 2010 encantado !

Doces Beijos

Doce Essencia

poetaeusou . . . disse...

*
nas asas do vento
em desejos renovados
deixo,
vendavais de saúde
tempestades de amizade
marés de sereno carinho
e vagas de benquerenças
transportadas
no bico de uma gaivota .
,
maresias Natalícias,
ficam,
,
*

Luciana disse...

Oi Rê

Gosto dessa musica da Luiza Possi ue legal que vocês tem postado musicas.

Bjs

Lu

Luciana disse...

Oi Rê

Gosto dessa musica da Luiza Possi que legal que vocês tem postado musicas.

Bjs

Lu