domingo, 6 de setembro de 2009

S/T, UM POEMA DE ANTÓNIO MARQUES LEAL


Não trocava o teu olhar e a tua simplicidade


pelo sol, a lua ou a estrelas.





Em ti,


existe amor na ponta dos lábios.





O dia e a noite,


em permutas constantes,


cansaram o calendário.





E, em mim, o sol não mais despertou





Livro "O Deserto de Ecos"
Foto de Nuno Chacoto "Uphill we go" (Olhares)

Um comentário:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Nossa, que poema lindo, Marta! Gostei muito!
Beijos,
Renata