terça-feira, 25 de agosto de 2009

CURVAS DO AMOR EM POESIA, POEMA DE EVERSON RUSSO



CURVAS DO AMOR EM POESIA

Contornos que levam ao delírio
Maciez que arrepia ao toque
Delicado perfume natural
Cabelos jogados ao vento
Amor com aroma de litoral
Encanto que provoca desejo
A cada centímetro dessa geografia
Eu dedico os meus mais intensos beijos
Formas que desenham o amor
Encantam o infinito
Pinta no arco-íris a mais bela cor
Desenhando seu corpo mais bonito
Deitada nua êxtase e prazer
Sorrindo em poesia
Alegria de viver
Faz em meu universo
O mais perfeito verso
Sonho que encanta as estrelas que saltam no mar
Delírios de um sonho sem fim
Que me coloco a sonhar
Vôo livre com os pés no chão
Harmonia de sons e puro coração
Passando por todo seu corpo
Com destino à sua alma
Eu fecho os seus olhos
E lhe peço a serenidade e a paz
Do seu mundo inquieto
Que tanto me acalma.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
http://www.olivrodosdiasdois.blogspot.com/



La phrase...!
Recados Para Orkut



10 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Era esse o poema, Marta. É claro que não pus fotos minhas. Divulgando um grande poeta da Blogosfera.
Renata Cordeiro

Marta disse...

Num universo perfeito, um poema brilhante..
Adorei, Renata - parabéns ao Everson.
Beijos e abraços
Marta

Pjsoueu disse...

Lindo...arrebatador...debitando sentimentos de mil desejos na sintonia do amor....

Abraço

Pj

Memória de Elefante disse...

Sinto teu perfume daqui.És a forma mais bela traduzindo neste corpo a mulher.O poema apenas encanta ainda mais tuas formas e teu "canto".Bonito!!!

Memória de Elefante disse...

Renata!
Consegui... o que um Elefante não consegue ?
Teu selo está lá ...mais em baixo dos seguidores e arquivo blog...Obrigado !!!

Luciana disse...

Belo poema do Everson.
Bjs

Everson Russo disse...

Boa noite minha bela amiga Renata, venho agradecer de coração pelo seu carinho e pela sua amizade, e por abrir seu espaço pra minhas ideias, minhas madrugadas, essa em especial dedicada a voce que em primeira mão está aqui, ainda nem passou pelo Livro, obrigado meu doce anjo, otimo ter cruzado com sua amizade nesse blog mundo de sonhos...beijos na alma e uma noite cheia de estrelas no seu céu...

Blue disse...

Chamo o Everson de Poeta Mineiro, já que ele acompanha o Drummond!
E aqui, diga-se de passagem, ficou ainda mais bonito! Mas isso eu não vou dizer a ele... rsrsrs

Beijos

Vivian disse...

...gosto
gosto muito quando os poetas
se encontram nas letras
que nos seduzem.

a delicadeza feminina,
casando-se com a sensibilidade
do poeta, deu no que deu.

esta maravilha de post!

adoro

beijos encantados!

que lindossss!

~~jorge disse...

Renatinha,
Se bem que comparado contigo qualquer poema possa ficar ofuscado, este é um que permanecerá aceso, luz que te evoca... Parabéns para o poeta que to dedicou, ou em ti se inspirou; parabéns para ti também, menininha

Beijo
~~j