segunda-feira, 31 de agosto de 2009

AS SOMBRAS DA VINHA, 27, POEMA DE MARIA CAPRI



AS SOMBRAS DA VINHA
Maria Carpi

27


O percurso de um corpo
para outro são ramas
que se cruzam num toldo
de sombras e zumbidos.
São vides que se embrenham
na cisterna dos frutos.
O estalo do fogo na seiva.
O estalo da seiva nos ossos.






7 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Divulgando um poema de Maria Carpi.
Renata Cordeiro

Graça disse...

Um percurso de um corpo para outro corpo tão bem dito. Não conhecia a autora. Obrigada, Renata, por mais esta divulgação.

Um beijo grande, vou jantar :))

Blue disse...

Ramos que se cruzam,
são braços que se abraçam!

Beijos

Luciana disse...

Rê, para começar adorei a imagem se não me engano é do Greys Anatomy, vi esse episodio muito triste, sobre a postagem não conheço a autora mas foi bom ler amiga.
Bjinhos

Marta disse...

Um poema muito bem estruturado e sensual...
Também não conhecia a autora..
Gostei muito...
Beijos e abraços
Marta

Daniel Costa disse...

Renata

A suavidade de amar, em jeito de parábola. Uma pérola de poeminha!

Beijos,
Daniel

dado disse...

Todos os dias dedico alguns minutos para visitar outros blogs e deixar o meu comentário, pois sei o quanto é gratificante receber um. Deixo meu site ou blog a sua disposição para vc pegar dicas e ideias do que fazer ou usar em seu blog, orkut ou MSN. --- www.dado.pag.zip.net --- tbm deixo meu msn a sua disposição para que eu possa ajudar e fazer amigos blogueiros. ---dadolosmanos@hotmail.com --- deixe seu comentari tbm. Se voce gosta de poesias visite tbm www.mendesjb.zip.net . um grande abraço --- dado



Oi minha linda. Quanto tempo não passava por aqui. Anto quase sem tempo para me dedicar aos blogs mas quando sobra um visito meus amigos. Como sempre seu blog esta lindo.
Aproveito para convidar vc a conhecer uma pagina de poesias que estou criando em parceria com meu avô que esta se mostrando um grande poeta. Tenha um otimo fim de semana.