domingo, 5 de julho de 2009

O COLAR DE CAROLINA- Cecilia Meirelles-

Com o seu colar de coral,
Carolina
Corre por entre as colunas
da Colina

O colar de Carolina

colore o colo de cal

torna corada a menina

E o sol vendo aquela cor

do colar de Carolina

põe coroas de coral

nas colunas da Colina.


3 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo, Ana, fico tão feliz quando vc publica!
O poema tem jogos se palavras, assonâncias, é lindo mesmo. Parabéns!
Beijos,
Renata

Graça disse...

É um poema lindo, sim, pela sua simplicidade e jogo de sonoridades.


Beijos a todas e agora vou...

CINDERELA disse...

este brasileiro bom
CINDI