segunda-feira, 22 de junho de 2009

A FORÇA DE CRETCHEU, MORNA DE EUGÊNIO TAVARES

Dançando a Morna


A FORÇA DE CRETCHEU

Eugênio Tavares

Ca tem nada na es bida

Mas grande que amor

Se Deus ca tem medida

Amor inda é maior.

Maior que mar, que céu

Mas, entre tudo cretcheu

De meu inda é maior

Cretcheu más sabe,

É quel que é di meu

Ele é que é tchabe

Que abrim nha céu.

Cretcheu más sabe

É quel qui crem

Ai sim perdel Morte dja bem

Ó força de chetcheu,

Que abrim nha asa em flôr

Dixam bá alcança céu Pa'n bá odja

Nôs Senhor Pa'n bá pedil semente

De amor cuma ês di meu

Pa'n bem dá tudo djente

Pa tudo bá conché céu


3 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Publiquei esta morna que é, antes de mais nada, um peoma, porque julguei pertinente figurar um país que não fosse lietralmente português, nem brasileiro.
Renata
PS: Roubaram todos os Blogs da Sandra, elas tinha uns 4 e, de repente, todos desapareceram. Ela não faz mais parte deste Blog coletivo.
Renata

Mariazita disse...

Querida Renata
Tenho que lhe dar os parabéns por mais este blog, que está muito bonito, com belos poemas.

Cabo Verde é, oficialmente, um país de língua portuguesa (PALOP); por isso foi uma boa ideia publicar aqui a letra desta morna, que me fez sentir saudades dum país onde passei dois anos maravilhosos.

Obrigada pelo selinho. Vou levá-lo e, para já, fica junto aos outros, na minha "Colecção". Oportunamente lhe darei seguimento.

Votos das maiores felicidades para o blog.

Beijinhos
Mariazita

Persida Silva disse...

Oui, Eugénio Tavares, que ne le connais pas ce poète a plusieurs facettes, il été merveilleux par ces belles poèmes d'amour, il été le unique, j'ai ne connais pas comme lui, a que concerne a moi, c'est na façon de voir. Et la chanteuse Césaria Evora celui-lá encore une artiste avec une voix merveilleuse, on dirais la voix de ceux que chantent le Jaz. Je te félicite de ta recherche auprès de tout ces gens dans la domaine artístique. J'ai te embrasse très fort mon amie.

Persida